Suspeito de cometer estupros e roubos em Porto Nacional é preso pela Polícia Civil

Roniel é considerado de altíssima periculosidade e pode ter envolvimento em mais crimes na região.

 

Por Rogério de Oliveira


A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, (DEAM), de Porto Nacional, efetuou, na manhã desta sexta-feira, 21, a prisão de Roniel Gonçalves Gomes, 20 anos de idade. Ele é suspeito pela prática de crimes de estupros de roubos, naquele município e foi preso, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva, no Hospital Regional de Porto Nacional.


Conforme a delegada Cristiane Aguiar, titular da Deam e responsável pela ação, por volta das 7h30 da manhã desta sexta-feira, policiais civis, após intensa investigação, localizaram o paradeiro de Roniel, o qual estava escondido na residência de um parente no Jardim Planalto.


De imediato, os policiais civis foram até o local e tentaram conversar com Roniel para que o mesmo se entregasse, pois se tratava de uma ação de cumprimento de ordem judicial. No entanto, o homem armou-se com uma faca, que estava escondida em sua cintura, e foi em direção a um policial civil desferindo vários golpes contra o agente. Diante da injusta agressão e utilizando-se de força moderada, o policial sacou sua arma e efetuou um único disparo que acertou a pena de Roniel.


Mesmo ferido, o indivíduo conseguiu se apoderar de uma motocicleta e fugiu. Após intensas buscas, Roniel foi encontrado e preso quando se encontrava no Hospital Regional de Porto Nacional, onde buscou atendimento devido ao ferimento que tinha na perna.


O indivíduo foi encaminhado ao Hospital Geral de Palmas, onde passará por cirurgia e, após ter alta, será recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.


Conforme o delegado regional de Porto Nacional, Ibanez Ayres da Silva Neto, Roniel é considerado de altíssima periculosidade e pode ter envolvimento em mais crimes na região. “Nós intensificamos as investigações, pois existe a suspeita de que o suspeito tenha participação em outros crimes de estupros cometidos, além de Porto Nacional, Palmas e Monte do Carmo”, disse o delegado.  

Avalie este item
(0 votos)

Mais notícias - Cidades

Cidades

    Política

      Tocantins

        Brasil

          Tocantins

            Opinião

              Topo