Polícia Civil prende suspeitos em Gurupi, Araguaína e Taguatinga

Da esquerda para a direita, Lucas e Sebastião suspeitos por furto qualificado e corrupção de menores em Taguatinga, já José Gilberto Garcias Júnior, é suspeito de praticar assaltos a ônibus Da esquerda para a direita, Lucas e Sebastião suspeitos por furto qualificado e corrupção de menores em Taguatinga, já José Gilberto Garcias Júnior, é suspeito de praticar assaltos a ônibus

Polícia Civil prende suspeito de praticar roubos a ônibus no norte do Estado

 

Por Rogério de Oliveira

 

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 4ª Delegacia de Polícia Civil de Araguaína, sob a coordenação dos delegados Alexandre Rodrigues e Israel Andrade, efetuou, na tarde desta segunda-feira, 29, a prisão de José Gilberto Garcias Júnior, de 30 anos de idade. Ele é suspeito de praticar assaltos a ônibus, na região norte do estado e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

 

Conforme o delegado regional Bruno Boaventura, que supervisionou a ação, o mandado de prisão preventiva foi expedido pela 2a Vara Criminal de Araguaína, após investigações realizadas pelos policiais civis da 4ª DP, apontarem José Gilberto como o autor dos crimes.

 

Ainda de acordo com o apurado nas investigações, o indivíduo cometeu, mediante o uso de arma de fogo, dois roubos a ônibus de linha da empresa Passaredo, nos dias 07/12/2017 e 11/12/2017, onde levou vários pertences de motoristas e passageiros.

 

Após ser preso, José Gilberto foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil e, após as providências legais cabíveis, o mesmo foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína, onde permanecerá recolhido à disposição do Poder Judiciário.

 

Em menos de 24 horas, Polícia Civil desvenda série de arrombamentos a residências em Taguatinga

 

No final da tarde desta segunda-feira, 29, Policiais Civis da Delegacia de Taguatinga, comandados pelo delegado Márcio Duarte Teixeira, desvendaram, em menos de 24horas, uma série de furtos, mediante arrombamentos a residências, ocorridos naquele município e prenderam dois suspeitos pela prática dos crimes.

 

Conforme o delegado Márcio, em uma das residências, os autores do crime, na certeza de que ficariam impunes, escreveram a frase; “eu vou voltar” e, em seguida, derramaram produtos de beleza utilizados pela proprietária em sua atividade profissional.

 

Tão logo cientificados da ação criminosa, os investigadores diligenciaram no sentido de descobrir os autores e restituir os objetos subtraídos aos legítimos proprietários. Após entrevista com as vítimas, os policiais civis conseguiram localizar e prender, em flagrante delito, Lucas Santos da Cruz e Sebastião Marques Rodrigues, além de apreenderem o adolescente infrator.

Com o grupo, os policiais encontraram a maior parte dos objetos subtraídos, os quais serão restituídos as vítimas, após serem devidamente periciados. Diante dos fatos, Lucas e Sebastião foram autuados em flagrante pela prática dos crimes de furto qualificado e corrupção de menores.

 

Após as providências legais cabíveis, ambos os homens foram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública de Taguatinga, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

 Polícia Civil prende casal suspeito por receptação dolosa em Gurupi

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada na Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva), de Gurupi efetuou, na tarde desta segunda-feira, 29, a prisão em flagrante delito de Jhonnes das Chagas Silva, vulgo "Lili" (24 anos), e Gilciene Cardoso Reis, de 18 anos.

 

O casal foi localizado no setor Parque das Acácias, de posse de uma motocicleta Honda/Fan 160 com registro de roubo, no dia 08/01/2018 no município de Peixe. O veículo estava com placa de outra motocicleta, também com registro de furto/roubo.

 

De acordo com a Polícia Civil, Jhones e Gilciane foram autuados pela prática dos crimes de receptação dolosa e adulteração de sinal identificador de veículo automotor (art. 180 e 311 do CPB). Após os procedimentos legais cabíveis, o homem foi encaminhado à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Gurupi e a mulher aguarda vaga no sistema prisional feminino do Estado.

Avalie este item
(0 votos)

Mais notícias - Cidades

Cidades

    Política

      Tocantins

        Brasil

          Tocantins

            Opinião

              Topo