Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos da PM

Coronel Edvan de Jesus Silva, ministrando Aula  Coronel Edvan de Jesus Silva, ministrando Aula Fotos: Lara Tavares

Carreira e valorização profissional são temas de aula inaugural no Quartel do Comando Geral

 

Por Lara Tavares

 

Aconteceu na tarde, desta segunda-feira, 11, a aula inaugural do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) da Polícia Militar, que ocorreu no auditório do Quartel do Comando Geral, em Palmas. Cerca de 60 militares irão participar do curso que terá a duração de 60 dias.

No início da aula inaugural o padre Paulo Frade incitou a reflexão sobre as necessidades humanas e as escolhas vocacionais feitas ao longo da vida. Posteriormente, o coaching, Gleib Resende, provocou os militares com temáticas referentes à área comportamental, ascensão na carreira, mudanças de hábitos e percepções para positivar o desempenho na vida profissional e pessoal.

Sobre o significado de sua palestra, o coaching destacou que “esse é um marco na Polícia Militar que, além de manter a visão nas práticas policiais, está visando à área comportamental. Sendo esta uma forma do militar valorizar a si mesmo perante o desenvolvimento de seus papéis na sociedade”. Em seguida, o chefe do Estado-Maior da PM, coronel Edvan de Jesus Silva, entregou um certificado ao coaching pela participação no evento.

Logo após, o diretor da Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa da PM, tenente-coronel Dosautomista Honorato de Melo, apresentou a plataforma online do curso e demonstrou procedimentos de acesso aos alunos do CAS cuja estrutura curricular e atividades de ensino serão realizadas na modalidade presencial e a distância, com dois módulos que contemplam 12 disciplinas.

A aula inaugural foi encerrada pelo chefe do Estado-Maior da PM, coronel Edvan de Jesus Silva, que enfatizou que a qualificação e o aperfeiçoamento fazem parte do Plano de Comando da corporação que busca a valorização dos militares, proporcionando melhores condições de trabalho.

“Com a formação e aperfeiçoamento de militares estamos preparando melhor àquele que não pode errar, pois na maioria das vezes precisa ter uma pronta-resposta, rápida e eficiente, nas ocorrências diárias do serviço policial”, justificou o coronel.


Avalie este item
(0 votos)

Mais notícias - Cidades

Cidades

    Política

      Tocantins

        Brasil

          Tocantins

            Opinião

              Topo