Dez presos amigos de Temer na Operação Skala são soltos na noite deste sábado

Barroso determina que sócios do Grupo Libra se apresentem à PF e diz que ouvirá PGR sobre necessidade de prisão

 

Por iG São Paulo 


Os dez presos amigos do presidente Michel Temer são soltos na noite deste sábado (31) após decisão do ministro Luiz Roberto Barroso , do Supremo Tribunal Federal (STF), acatar o pedido da procuradora-geral Raquel Dodge sobre os detidos na operação Skala .


Os nove presos em São Paulo foram soltos de forma conjunta, pouco antes da meia-noite. A imprensa que estava na porta da Polícia Federal foi avisada minutos antes de que todos deixariam o local juntos.

 

Apenas o ex-ministro e ex-deputado Wagner Rossi falou com a imprensa, segundo a Globonews. Rossi agradeceu o ministro Barroso e disse que já tinha prestados todas as informações. Os demais presos e seus advogados deixaram o local rapidamente, alguns escondendo o rosto dificultando a identificação.

 


A decisão do Supremo Tribunal Federal ocorreu na noite deste sábado e o alvará de soltura chegou à Polícia Federal pouco depois das 23h. Todos os presos em São Paulo optaram por não fazer o exame de corpo de delito.

Os dez acusados e liberados pelo STF são:

 

José Yunes é advogado, amigo do presidente Michel Temer e ex-assessor da Presidência. Fez faculdade de Direito com Temer.

 

João Baptista Lima Filho é ex-coronel da Polícia Militar de São Paulo e ficou próximo a Temer na década de 1980, na Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo.

 

Wagner Rossi é ex-ministro da Agricultura, ex-deputado federal e ex-presidente da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo). Filho de Rossi, Baleia, é líder do MDB na Câmara.

 

Antonio Celso Grecco é empresário e proprietário da Rodrimar, empresa que foi acusada de receber benefício pelo Decreto dos Portos, de Temer, em 2017.

 

Milton Ortolan é assessor de Wagner Rossi, segundo delatores. Ortolan é ex-secretário de Educação e de Planejamento em Americana, São Paulo.

 

Celina Torrealba é uma das proprietárias do Grupo Libra.

Eduardo Luiz de Brito Neves é proprietário da MHA Engenharia.
Maria Eloisa Adensohn Brito Neves é sócia nas empresas MHA Engenharia e Argeplan.

Carlos Alberto Costa é sócio da Argeplan e ex-sócio da AF Consult Brasil e

Carlos Alberto Costa Filho é sócio da AF Consult Brasil.

 

 

Avalie este item
(1 Voto)

Mais notícias - Brasil

Cidades

    Política

      Tocantins

        Brasil

          Tocantins

            Opinião

              Topo